Sua Marca está preparada pra era do som?

Estamos em meio a um dos eventos mais emblemáticos do mundo contemporâneo que nos desafia como seres-humanos e nos provoca reflexões profundas. No campo dos negócios essa mudança também é sensível, pois exige uma escuta mais atenta a comportamentos emergentes para desenhar produtos e serviços relevantes, como também, para criar conexões emocionais verdadeiras. Vivemos em uma era onde somos acionados por estímulos o tempo todo. Em um momento em que a atenção das pessoas é tão escassa, com uma celeuma de mensagens que chegam a todo instante, os desafios são ainda maiores. E com a supersaturação das imagens, o som será um novo aliado. Imagine quantos sons estão presentes em nosso dia a dia e nos causam impacto. Isso se multiplica exponencialmente quando pensamos no universo de Marca.. De produtos e aplicativos que emitem som, plataformas de streaming de música a vozes conectadas a Inteligência Artificial, passamos o dia escutando algo. Mesmo quando não queremos, estamos sendo impactados pelo som. E a maioria das marcas mal começou a se utilizar desse recurso. Se no passado, desenhar estrategicamente o UNIVERSO VISUAL E VERBAL da Marca era fundamental, hoje isso definitivamente não é mais suficiente.

Começamos em 2003 a desenvolver projetos sonoros para Empresas Locais e Globais. Além de adquirir uma vasta experiência, vivenciamos os desafios de gestores de diferentes nacionalidades e códigos culturais. Ao final de cada projeto, fomos percebendo nosso real papel em gerar um processo de transformação e inovação através da nossa abordagem de Sound Thinking. Além dos resultados gerados para a Marca, ajudávamos seus diferentes líderes e agentes de influência a refletir sobre o uso do som em suas estratégias ou mesmo em lidar com essa ferramenta poderosa de forma mais clara e coesa no dia a dia. A cada projeto, alguém nos dizia algo como: “depois que aplicamos a metodologia de vocês, entendemos o quanto podemos impactar através do som”. Foi então que percebemos o grande poder do processo de “Alfabetização Sonora” que estávamos promovendo, gerando resultados que iam além do som.

Os profissionais de Marca precisam expandir seu Mindset para além do Visual. Essa mudança de pensamento, com certeza, irá gerar resultados incríveis se alinhado com outros fatores da sua estratégia de Marca. Você já parou pra pensar por que o som não é tratado de uma forma menos subjetiva e mais estratégica? Como ele pode auxiliar na disseminação uma Mensagem de Marca mais consistente, não somente no viés estético, como também atitudinal? O fato é que o som está presente em muitas manifestações da Marca. Agora que muitos outros pontos de contato estão disponíveis, é essencial que cada marca desenvolva seu universo sonoro próprio. Esses códigos sonoros precisam estar enraizados na identidade da marca, com atenção para tudo, desde o casual ou formal até seu tom, gênero, personalidade e muito mais. Marcas inteligentes prestam muita atenção a todo o som que fazem. Do design de produtos, aplicativos, no varejo, no marketing e além. Explorar um dos cinco sentidos pouco utilizado ou dimensionado pelo mercado de forma consistente tem, mais do que nunca, um poder enorme de transformação que colocará toda e qualquer Marca a frente do seu tempo.

Paulo Dytz Publicado por Paulo Dytz

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!