Sons que Incomodam

4 fatores pelos quais nosso corpo reage ao ouvir sons desagradáveis

Sons como unhas arranhando um quadro ou uma colher batendo em um copo fazem você se encolher ou reagir de forma a reprimir o som? Esses ruídos são desagradáveis à grande maioria das pessoas no mundo todo, e há uma razão para isto! Aprendemos na escola sobre os cinco sentidos. O que não sabemos é que os sentidos ocultos do cérebro são responsáveis por tais respostas. Vários estudos foram conduzidos na identificação dos motivos subjacentes para esta resposta e abaixo temos algumas conclusões.
  1. FORMATO DA ORELHA
Ouvido externo
Estudos indicam que a forma de nossos canais do ouvido também pode ser uma das razões pelas quais achamos certos sons irritantes. Os canais das orelhas evoluíram para amplificar os sons que são importantes para a comunicação e a sobrevivência. Metal sendo arranhado e outros sons igualmente desagradáveis podem ser considerados apenas como efeito colateral desta evolução. 2. INSTINTOS DE SOBREVIVÊNCIA
Bebê chorando
Alguns estudos sugerem que esses sons desagradáveis estão vagamente relacionados aos instintos de sobrevivência. O cérebro humano percebe esses sons como um sinal de angústia ou perigo, que é o motivo de uma resposta física. Por exemplo, as pessoas familiarizadas com esses sons podem salvar um bebê chorando mais cedo do que pessoas que não estão em sintonia com estes. Surpreendentemente, em algumas pessoas, que não estavam completamente conscientes desses sons antes, não os achavam irritantes quando os ouviram pela primeira vez. 3. A INTERAÇÃO AMÍGDALA E CÓRTEX AUDITIVO
Imagem de pulsos sobre uma cabeça
Um estudo foi realizado com pessoas expostas a diferentes tipos de frequências e sons desagradáveis. O monitoramento foi feito através de ressonância magnética funcional. Os resultados sugeriram que houve um aumento na interação entre a parte do cérebro que envolve a audição (córtex auditivo) e a parte que percebe as emoções (amígdala), após a exposição a sons desagradáveis. É um possível sinal de angústia da amígdala para o córtex auditivo. A taxa de interação também foi diretamente proporcional ao grau de desagrado do som. 4. CONDIÇÕES DE SAÚDE
Mão arranhando quadro negro
Em casos muito raros, a reação a sons desagradáveis também pode indicar algum problema de saúde. Ela pode estar relacionada a distúrbios emocionais, enxaqueca e condições como o zumbido, misofonia e autismo (transtorno do desenvolvimento que prejudica a capacidade de comunicação e interagir). Fonte: https://anationofthinkers.info/5-reasons-why-we-cringe-to-unpleasant-sounds/

Publicado por Paulo Dytz

Soundthinkers