Produtividade em Jogo

Os sons do seu celular podem estar dispersando você do que é realmente importante.

Há uma previsão de que até 2019 o número de usuários de telefone celular ultrapasse os 5 bilhões, o que representa mais ou menos 70% da população mundial. Isso significa que há um número gigantesco de pessoas sendo impactadas por ringtones, toques de notificação e vibrações de alerta dos mais diferentes tipos. Sim, essa é a função desses ícones sonoros, porém, por estar “online” todo o tempo, pagamos um preço em atenção, que reflete diretamente na nossa produtividade.

A psicóloga soviética Bluma Zeigarnik apresentou em 1927 a teoria que veio a ser conhecida como o Efeito Zeigarnik, que, resumidamente, indica que nosso cérebro é capaz de lembrar melhor de tarefas incompletas do que aquelas já finalizadas. Quando iniciamos uma tarefa no trabalho, por exemplo, cria-se uma tensão em nosso cérebro, para que a terminemos. No momento em que nosso celular vibra em cima da mesa e desviamos a atenção por apenas um segundo, uma segunda tensão aparece em nossa mente. Mesmo que tomemos a decisão de ignorar qualquer que seja o chamado recebido, ele foi recebido, e assim, a sensação de mais uma tarefa incompleta se soma àquela já existente, criando um stress que só será aliviado quando verificarmos que a fatura do celular vence em breve.

E se decidirmos conferir o e-mail ou a mensagem que recebemos na mesma hora? É possível contornar esse efeito? Sim, em tese, teríamos “realizado a tarefa”, porém o esforço cognitivo necessário para saírmos de um estado de foco total, realizar outra função diferente e então tentar voltar ao mesmo estado de concentração leva em torno de 15 a 20 minutos, o que seria uma queda de 3.5% na produtividade para cada troca de atividade, mostram estudos.

Se levarmos em conta que, em média, checamos nossos smartphones até 150 vezes por dia, podemos conceber a dimensão que tomou esse problema, e quanto nossa produtividade realmente está comprometida pelos ícones sonoros disparados por nossos aparelhos, e todo o significado que eles carregam.

Intervalos programados são comprovadamente eficientes. Que tal restringir o uso do celular e deixar para conferí-lo quando VOCÊ achar que é a hora certa, não o contrário?

Paulo Dytz Publicado por Paulo Dytz

Queremos escutar você

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!